• Assoc. Pediátrica Viana

COVID-19. Os seus filhos não têm escola, e agora?



Já passaram alguns dias desde que as escolas fecharam e as crianças e adolescentes passaram a estar o dia todo em casa.

Nesta situação é fácil que os seus filhos se tornem fisicamente menos ativos, passem mais tempo na televisão, internet ou com consolas de jogos, e adquiram padrões irregulares de sono e dietas menos saudáveis.

Mantenha as rotinas o máximo possível.


Para qualquer criança é essencial a manutenção das horas de sono, número de refeições, de dieta equilibrada, da toma da medicação habitual, do tempo para brincar e para trabalhar/estudar/ajudar em casa, de tempo mínimo de ecrãs, dos hábitos de higiene e dos rituais familiares.


Crie oportunidades para brincarem e relaxarem.


É uma boa oportunidade para desenvolver tarefas em família, fortalecendo os laços entre todos. Deixe que ajudem nas tarefas de casa.


Por outro lado, não podemos esquecer o impacto psicológico que esta situação pode ter nos seus filhos.


Estão confinados a um espaço físico restrito e sem possibilidade de interação com os amigos. Numa situação como esta, é normal que por vezes se sintam tristes, preocupados ou assustados, e têm formas diferentes de responder ao stress - dificuldade em dormir, fazer “xixi” na cama, dor de barriga ou cabeça, ansiedade, maior agressividade ou mesmo medo de ficarem sozinhos.


Mantenha um ambiente calmo e comunicação próxima para identificar quaisquer problemas físicos ou psicológicos. Deve responder de forma solidária e explicar que são reações normais a uma situação completamente nova. Oiça as suas preocupações e reserve tempo para conversar e confortar os seus filhos.


Mantenha-se informado sobre o COVID-19


Através de fontes seguras, como a Organização Mundial de Saúde (https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019) e Direção Geral de Saúde (https://covid19.min-saude.pt/). Esteja ciente de informações/mitos falsos que podem circular boca-a-boca ou online.


Forneça informações aos seus filhos, apropriadas à idade.


Acerca da doença, como é transmitida e o que podem fazer para impedir a transmissão, mas sempre de forma tranquilizadora. Evite notícias alarmantes.


Na página da DGS tem um área dedicada às crianças (https://covid19.min-saude.pt/espaco-crianca-2/) onde pode encontrar informação adequada a estas, e propostas de atividades, leitura, etc.

Após o encerramento das escolas, também o Ministério da Educação lançou alguns conselhos para os pais:


  • Conselho nº1 - Garanta que o horário estabelecido pela escola é cumprido;

  • Conselho nº2 - Pergunte todos os dias o que foi feito;

  • Conselho nº3 - Verifique se todos os trabalhos propostos são realizados;

  • Conselho nº4 - Ajude a identificar as dúvidas para colocar aos professores;

  • Conselho nº5 - Mantenha contato com os professores e com os diretores de turma;

  • Conselho nº 6 - Lembre-se que os alunos não estão de férias;

  • Conselho nº7 - Aproveite os tempos livres entre as aulas para que haja leitura;

  • Conselho nº8 - Aproveitem para visitar museus e exposições virtuais;

  • Conselho nº 9 - Pratiquem atividade física em casa;

  • Conselho nº 10- Quando não conseguir ajudar peça ajuda, colabore com a escola.

Portanto, não se esqueça:


1. Mantenha um ambiente calmo e seguro.

2. Ensine-os a proteger-se e reforce boas práticas de higiene:

a. Lavar as mãos frequentemente, com água e sabão durante pelo menos 20 segundos, ou utilize uma solução à base de álcool (no mínimo 60% álcool).

b. Tossir e espirrar para um lenço de papel ou cotovelo.

c. Evitar tocar na cara, olhos, boca ou nariz.

3. Mantenha as rotinas.

4. Promova a atividade física. Deixe que corram, saltem, subam e desçam escadas…

5. Tente manter a exposição solar. Na janela, na varanda, no terraço, procurem pelo menos 10 minutos de exposição solar.

6. Mantenha contactos sociais à distância, através da utilizam dos dispositivos eletrónicos

7. Planeie o dia.

8. Seja paciente. Ofereça apoio e conforto.

9. Evite contacto com população de risco. Suspenda visitas aos avós, reuniões familiares ou com amigos, festas de anos… Mas expliquem sempre o porquê desta medida.

10. Na suspeita de infeção por COVID-19 ligue para a linha SNS24 e siga as recomendações.

Cuide de si e dos seus. Cuide de todos.

Autores: Mariana Bastos Gomes, Suzana Figueiredo

Serviço de Pediatria da ULSAM

78 visualizações
Contactos

Morada: Estr. de Santa Luzia 50, 4900-408 Viana do Castelo, Portugal

Email: associacaopediatricaviana@gmail.com

 

Telefone: 258802444