• Assoc. Pediátrica Viana

Alergias alimentares | Proteínas do leite de vaca (APLV)



O que é a APLV?


A APLV ocorre quando as proteínas do leite de vaca, presentes no leite materno ou nas fórmulas infantis convencionais, são reconhecidas pelo organismo do bebé como elementos estranhos. É a alergia alimentar mais frequente na criança.



A que se deve?


A APLV deve-se a uma falha no mecanismo de tolerância às proteínas do leite de vaca. Esta falha resulta de uma predisposição genética e imaturidade do sistema imunológico, sendo mais frequente nos 6 primeiros meses de vida. Geralmente é transitória resolvendo nos primeiros anos de vida (50% resolve até ao ano, 70% aos 2 anos e 30% aos 3 anos).


Quais são os sintomas?


Sintomas mais frequentes:

  • Cutâneos (urticária, edema dos lábios ou de outras partes do corpo, eczema)

  • Respiratórios (tosse, pieira, dificuldade em respirar)

  • Digestivos (diarreia por vezes com sangue, vómitos, dor abdominal em cólica)

  • Má evolução do peso e crescimento

  • Recusa alimentar

Podem aparecer de imediato ou dias após a ingestão de leite de vaca ou derivados.
Pode ocorrer uma reação muito grave (anafilaxia) que pode provocar a morte.

Como se diagnostica?


O diagnóstico de APLV é clínico. Para confirmar podem fazer-se análises de sangue ou testes cutâneos. Quando há confirmação ou suspeita o médico recomenda suspender o leite de vaca e seus derivados.


Como se trata?


Eliminar da dieta do bebé o leite de vaca, os seus derivados e todos os produtos que possam conter proteínas do leite de vaca. O leite de vaca é substituído por leite hidrolisado, em que as proteínas estão fracionadas em pequenos fragmentos ou leites vegetais (como o de soja). Na substituição do leite de vaca deve evitar défices nutricionais. Fontes alternativas de cálcio: vegetais de folha verde (couve, bróculo, espinafre), leguminosas (feijão), frutos secos (noz, amêndoa) ou desidratados (figo, ameixa).


Quando desaparece?


Após ser retirado o leite de vaca da dieta, este só deverá ser reintroduzido por indicação do médico, após uma prova de provocação oral. Geralmente desaparece até aos 3 anos.

O que é a prova de provocação?


No hospital são administradas à criança doses pequenas e crescentes de leite de vaca durante algumas horas. Se sintomas persistirem: Ainda existe alergia – manter dieta sem leite Se sintomas ausentes: Alergia foi ultrapassada – o médico irá indicar reintrodução do leite de vaca, sob vigilância dos pais, que deverão suspender o leite de vaca caso surjam sintomas.


Conselhos gerais:

  • Eliminar da dieta o leite de vaca e todos os seus derivados.

  • Ler atentamente os rótulos dos alimentos.

  • As proteínas do leite de vaca podem aparecer com diversas denominações.

  • Os produtos rotulados como “não lácteos” podem conter leite.

  • Informar da alergia a todas as pessoas que cuidam da alimentação da criança.

  • Não alterar o tipo de leite sem indicação médica.

  • Alergia ao leite de vaca é diferente de alergia à lactose.


Alimentos proibidos:

  • Leite de vaca, cabra ou ovelha

  • Leite sem lactose

  • Iogurte

  • Manteiga

  • Margarina

  • Queijo

  • Requeijão

  • Leitelho

  • Pudim

  • Creme de leite

  • Nata

  • Chantilly

  • Leite condensado

  • Papa láctea


Alimentos/Ingredientes que podem conter leite:


  • Sopas pré-preparadas

  • Batatas fritas congeladas

  • Puré de batata pré-preparado

  • Molhos (bechamel; strogonoff)

  • Salame

  • Salsichas

  • Empadão

  • Rissóis/croquetes

  • Fiambre e enchidos

  • Quiches

  • Alguns pães (bicos de pato, pão de leite)

  • Bolachas

  • Cereais/barritas de cereais

  • Chocolate

  • Rebuçados


Ingredientes que indicam presença de leite:


  • Caseína

  • Coalho de caseína

  • Hidrolisado de caseína

  • Caseinato

  • Lactoglobulina

  • Lactalbumina

  • Soro/Soro de leite

  • Leite em pó

  • Lactulose

  • Lactato

  • Lactoferrina

  • Lactose

  • Leite evaporado

  • Leite desnatado

Autores: Ana Rita Araújo, Francisco Ribeiro Mourão, Susana Rodrigues

S. Pediatria ULSAM

73 visualizações
Contactos

Morada: Estr. de Santa Luzia 50, 4900-408 Viana do Castelo, Portugal

Email: associacaopediatricaviana@gmail.com

 

Telefone: 258802444