• Assoc. Pediátrica Viana

Asma: o que é?

Atualizado: 20 de Set de 2018



A asma é uma doença inflamatória crónica das vias aéreas, que se inicia, habitualmente, na infância, mas que pode surgir em qualquer idade.

Os sintomas típicos de asma incluem episódios recorrentes de tosse, pieira, dificuldade em respirar e sensação de aperto no peito. Os sintomas podem ser ocasionais e esporádicos ou mantidos ao longo do ano, podendo variar de ligeiros a graves. Habitualmente a asma tem uma base alérgica, sendo os sintomas desencadeados pela exposição a alergénios (ácaros, pólenes, epitélios de animais).


No entanto, os sintomas de asma podem ser desencadeados pela exposição a diversos estímulos como infeções respiratórias, esforço (exercício, choro, riso) ou irritantes (frio, fumo de tabaco).

Como se trata?


O tratamento adequado da asma é fundamental para uma boa qualidade de vida. O controlo da doença permite ao doente fazer as suas atividades diárias sem qualquer limitação. 


Evicção De Agentes Desencadeantes

Uma vez que os sintomas de asma podem ser desencadeados por uma multiplicidade de estímulos, o doente pode beneficiar de algumas medidas ou cuidados básicos, nomeadamente:

  • Dormir em quarto bem ventilado, sem humidade, se possível com exposição solar e janela para o exterior

  • Na cama usar lençóis de algodão, evitar cobertores e cobertura anti-ácaros almofadas/colchão

  • Lavar a roupa da cama 1 vez por semana com água ≥ 55ºC e aspirar 1 vez por semana o colchão da cama

  • Retirar do quarto carpetes, peluches e livros

  • Utilizar desumidificadores

  • Na presença de animais domésticos aspirar e ventilar frequentemente a casa

  • Na Primavera evitar locais onde o pólen pode ser mais abundante, nomeadamente em jardins e parques, especialmente em dias de muito vento

  • Para evitar infeções respiratórias, é recomendável a lavagem frequente das mãos e evitar o contacto com pessoas doentes

  • Evitar a exposição ao fumo do tabaco.


Tratamento Farmacológico

O objetivo do tratamento farmacológico da asma é controlar os sintomas e prevenir as exacerbações.

O tratamento consiste em 2 vertentes:

  • Tratamento de controlo ou manutenção para prevenção da ocorrência de crises

  • Tratamento de alívio ou de crise que permite um alívio rápido dos sintomas

Em caso de episódio agudo de dificuldade respiratória, é necessário iniciar de imediato o esquema terapêutico de crise prescrito pelo seu médico, que geralmente inclui:

  • Colocar a criança ou adolescente em ambiente calmo;

  • Administrar broncodilatadores de curta ação, sendo o medicamento mais usado o SALBUTAMOL. Para a administração do fármaco existem vários dispositivos disponíveis, nomeadamente para crianças os inaladores com câmara expansora e máscara/bucal e para os adolescentes os inaladores de pó seco;

  • Reavaliar os sintomas após o tratamento.


Observação médica : condições/sinais de alarme:

  • Agitação ou Exaustão

  • Pieira intensa ou ausente

  • Respiração muito rápida

  • Batimentos cardíacos muito rápidos ou muito lentos

  • Agravamento clínico progressivo

  • Necessidade de administração de salbutamol em intervalos cada vez menores


Asma e Exercício Físico


O exercício físico pode e deve ser feito. Para que o exercício físico seja bem tolerado é necessário que a asma esteja bem controlada, podendo ser necessária a administração de um broncodilatador antes da sua prática.


Tendo em conta que a asma é uma doença crónica, a terapêutica de controlo ou manutenção deve ser feita de forma diária, mesmo na ausência de sintomas e a medicação de alívio em caso de crise.
É fundamental aperfeiçoar a técnica de utilização do inalador e a vigilância regular em consulta.

Autor - Mariana Branco

46 visualizações
Contactos

Morada: Estr. de Santa Luzia 50, 4900-408 Viana do Castelo, Portugal

Email: associacaopediatricaviana@gmail.com

 

Telefone: 258802444